É um procedimento endoscópico realizado em ambiente hospitalar sob anestesia geral, onde por meio de sistemas de mini-endocameras acoplados a um monitor de tv, tem acesso visual ao interior do abdome podendo visualizar com precisão alta resolução de imagens os órgão pélvicos e abdominais. Assim tem a vantagem de visualizar diretamente podendo inclusive tratar as lesões visualizadas simultaneamente com diversos meios de energia como o laser, a alta frequência e o bipolar. Também por esse método podem ser removidos os focos da endometriose ou destruídos pelas coagulações feitas com pinças bipolares ou pela vaporização a laser, desenvolvendo a fertilidade e a normalidade e reduzindo as dores pélvicas.

Uma das vantagens do videolaparoscopia é que a alta hospitalar é precoce (menos de 24 horas) e o retorno ao trabalho é muito rápido (3 a 5 dias).