O Instituto Paulo Guimarães oferece a oportunidade da realização de exames por meio de videolaparoscopia, um moderno equipamento para realizar procedimentos que no passado só eram realizados por cirurgias convencionais.

Este equipamento é uma pequena ótica (telescópio) que varia de 5 a 10mm de diâmetro. É introduzido pela cicatriz umbilical (um pequeno corte menor que 1cm), acoplada a uma mini câmera e gera imagens em um monitor de tv especial, permitindo a visualização de todas as estruturas abdominais como útero, trompas, ovários, intestinos, apêndice, vesícula e estômago.

Importantes diagnósticos e tratamentos são realizados por videolaparoscopia, como, por exemplo: Endometriose, dor pélvica crônica e aderências pélvicas que produzem dores e infertilidade.

Laparoscopia diagnóstica

Outros exames e cirurgias também podem ser realizados por laparoscopia. Por meio de pequenas incisões (menores que 0,5cm) na linha da calcinha, são introduzidos outros equipamentos como pinças, tesouras, etc. e realizadas cirurgias como retirada de miomas, retiradas do útero, dos cistos ovarianos, liberar aderências causadoras de dores pélvicas crônicas, recanalizar as trompas ligadas e ligadura das tubas.

O procedimento oferece como vantagem uma cirurgia sem cortes habituais, menor permanência hospitalar menor que 24 horas, menor custo, menor risco comparada com as cirurgias convencionais, menor sangramento, menor risco de infecções, preservação da anatomia funcional, retorno mais rápido às ocupações profissionais e rotineiras.

NADA SUBSTITUI A CONSULTA COM SEU MÉDICO